segunda-feira, 9 de setembro de 2013

sábado, 7 de setembro de 2013

Honesto, Verdadeiro e Sincero.

(100+) cara delevigne | Tumblr

Love Yourself | via Facebook

Uma das coisas que eu admito é que efectivamente eu não sei tudo. Não sei pronto. Gostava de saber, mas não sei. Sou muito ignorante numas coisas, e inocente que chegue noutras. Não me gabo de saber tudo, nem nunca sequer o fiz. Sou honesta até ao ponto de admitir que não sei. E aliás, se a coisa que eu não gostava era de saber tudo. Que piada tem isso.?. Que honestidade é essa de dizer aos outros que eles não sabem nada e que só eu é que sei tudo.?. Que falta de respeito é esse de falar a boca cheia que mais ninguém sabe o que é a vida e que só eu é que sei.?. Vamos lá, descer do nosso pedestal e sermos honestos uma vez na vida. Ninguém nasce ensinado, ninguém nasce com a sabedoria toda, ninguém nasce perfeito, ninguém nasce a saber para o que vai. Aprendemos, cometemos erros, ganhamos experiência, porque afinal a vida é mesmo assim. É um caminho que vamos construindo e no qual ás vezes existem quedas repentinas. É isso que faz de nós seres humanos. É isso que nos torna únicos. É essa capacidade de conseguirmos superar os problemas que vamos tendo, por mais difícil que sejam. É isso que nos torna verdadeiros. É sermos honestos e admitirmos que por vezes estamos errados e que temos que mudar. É chegarmos a conclusão que se calhar, bem se calhar, eu não sei assim tanto como pensava que sabia, como eu tantas vezes cheguei. É isso que tem valor. E é isso que eu valorizo em alguém. Alguém que é inteligente o suficiente e honesto e que admita que não sabe tudo. E é isso que faz falta em muita gente. Faz falta pessoas assim, porque pessoas egoístas, malcriadas, egocêntricas, que impõem a sua verdade e a sua opinião aos outros, que vêem os defeitos de toda gente, menos os deles próprios, que passam dias, semanas e meses a repetir o passado sem viver o presente, que acusam constantemente os erros dos outros sem sequer olhar para os seus, não pessoas assim nós não precisamos, pessoas assim já existem a mais. O que nós queremos e o que eu quero é alguém verdadeiro, sincero e honesto. É só disso que eu preciso. E acho que não é pedir muito, pois não?. Pois não.