segunda-feira, 28 de março de 2011

Intencional ou não

Não gosto de substituir ninguém. Cada pessoa é única pelos seus defeitos e qualidades. Existem momentos em que isso acontece por esta ou aquela razão. E nem sempre a pessoa é no fim aquilo que se esperava. Erro nosso!? Talvez, mas nem tudo é culpa dos nossos erros ou das nossas falhas, ás vezes é e acontece e quando damos por isso já tá feito e não existe volta atrás. Mas noutros casos simplesmente achamos estar a fazer algo inofensivo, intencional, que se resolve com isto ou com aquilo ou até com um simples gesto. Mas nem todas as pessoas são iguais e aceitam isso. É difícil para todas elas e para mim também. Costuma-se dizer não faças aos outros o que não gostas que te façam a ti. É uma das grandes verdades. A conclusão de tudo isto, é que os erros ensinam lições e é com elas que nos moldamos. É preciso cometermos o mesmo erro uma, duas ou até três vezes para nos apercebemos dos danos que isso causa a nós e aos outros

sexta-feira, 25 de março de 2011

A Few Words.


É o que terá de ser, mas, não será se fizermos algo para mudar esse facto.

quinta-feira, 3 de março de 2011

Eu gosto de ti


Eu gosto de ti mais do que tu possas imaginar, quero-te mais do que posso ter e desejo-te sem realmente saber onde estás.