segunda-feira, 15 de novembro de 2010

da admiração


Se tivesses aqui neste momento a minha frente eu dizia-te que gostava de ser assim como tu, sem viver no sonho e apenas enfrentar a realidade.
Admiro-te!

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Palavras presas no çeu da minha garganta


Por alguma razão eu nunca irei conseguir dizer o que penso e esse sentimento está a matar-me aos poucos